Leonor Xavier – alguns títulos


COLORIDO A PRETO E BRANCO

10€ (inclui despesas de envio em correio editorial)

Valorizado pelo autógrafo, com dedicatória, da autora na página de rosto

«Vinte anos de escritos na imprensa brasileira e portuguesa são a matéria- -prima deste livro, feito de duas ortografias diferentes, de tempos diversos e das suas marcas de expressão em quem tenha vivido o fio dos dias, nos dois países. O título brinca em cima desta duplicidade. Porque colorido é substantivo no Brasil, e o resultado da mistura entre o total das cores e o preto e branco é o próprio movimento das pessoas, das coisas, das ideias que fazem os textos. O livro é o próprio colorido da vida, que passa pelas palavras impressas a preto e branco.»

Oficina do livro, 2001
Bom exemplar.


BOTAFOGO

10€ (inclui despesas de envio em correio editorial)

Valorizado pelo autógrafo, com dedicatória, da autora na página de rosto

“Estava escrito que assim seria, cada homem tem um destino marcado, e o dele, Joaquim, era o longe de não ficar na terra nem gastar as mãos no campo, o mundo é grande demais e está para além do pôr-do-sol na Sobreosa, desde a primeira idade da razão o soube, e sempre quis provar essa certeza.”

Oficina do livro, 2004

Bom estado.


CASAS CONTADAS

10€ (inclui despesas de envio em correio editorial)

Valorizado pelo autógrafo, com dedicatória, da autora na página de rosto

«Uma vida contada através das treze casas a que Leonor Xavier chamou suas. O tema é tanto mais interessante quanto a autora viveu nessas casas experiências marcantes, não só para ela, mas para toda uma geração.
Oriunda de uma família da média-alta burguesia, casada cedo com um jurista brilhante, com três filhos pequenos, passa do ambiente protegido de uma família tradicional numa casa da Lapa, para São Paulo, no Brasil, quando, em 1975, ela e o marido decidem começar uma nova vida fora de Portugal.
A experiência – que foi certamente vivida por muitos portugueses que abandonaram Portugal nos anos 70 – é muito bem narrada no livro. Tudo é novo: a situação precária em que chegam, os trabalhos ocasionais, a nova escola dos filhos, a empregada brasileira, a solidariedade dos amigos que conhecem no Brasil, a língua diferente, os costumes muito mais livres.
Mais tarde, o regresso a Portugal, a adaptação ao país diferente que vem encontrar, o recomeçar de novo,integrando na sua nova vida o espírito optimista, sem preconceitos e convivial que foi talvez, para além dos muitos amigos, o que de melhor lhe ficou da experiência brasileira.»

Edições Asa, 2010

Bom exemplar. Assinatura de posse na folha de rosto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s